Notícias

Voltar

 

Notícia publicada no dia: 21/07/2017

Dicas de vendas: especialista ensina como ampliar os resultados no 2º semestre

 

 

 

A crise faz com que o desanimo tome conta de quase toda a sociedade. Após o primeiro semestre, em que a economia continuou a patinar, é chegada a hora de se preparar para o segundo. Por mais que as coisas continuem complexas, é necessário planejamento e segundo o especialista Jaques Grinberg, colocar em prática algumas dicas de vendas ajuda a alavancar o negócio.

Para ele, o empresário deve sair da zona de conforto e não se deixar influenciar por fatores como: estresse, desmotivação, problemas pessoais. Para ajudar, Grinberg listou algumas dicas de vendas que são fáceis se serem colocadas em prática; veja:

1º - Relacionamento

Para o especialista, a preocupação com a gourmetização dos produtos se sobrepõe a atenção que se deve ter com o atendimento. “Os clientes querem ser surpreendidos. Já pesquisou no Google sobre ‘Atendimento Gourmet’?”

Para um atendimento personalizado é necessário ter um time de vendas preparado e motivado. Segundo Grinberg, o relacionamento entre marca e consumidor começa na fase de prospecção ou durante o primeiro atendimento. O ideal é que esse relacionamento seja continuo e não se encerre quando a vendas for concretizada.

“Envie uma mensagem de feliz aniversário todos os anos - quantas empresas lembram do seu aniversário anualmente? Os clientes querem uma experiência de compra, querem sair da sua empresa repetindo a interjeição ‘uau’. “

2º - Inovação 

A empresa deve ter em mente iniciativas relacionadas ao universo da inovação. “Para crescer é fundamental inovar, não apenas os produtos e serviços, mas também as ações (inovAções). Inovar as ações de marketing , de vendas, de motivação da equipe, de surpreender os clientes e também do ambiente. Sim, é preciso ter um ambiente agradável e produtivo”, enfatizou o especialista.

3º - Planejamento 

burocracia faz com que o empresário perca 80% de seu tempo com questões operacionais do negócio, tendo pouco tempo para o planejamento estratégico. Ter um tempo para traçar as estratégias de crescimento da empresa é importante, já que envolve campanhas de marketing, fidelização dos clientes, motivação dos funcionários.

“Qual foi a última vez que você ficou um período inteiro (aproximadamente entre quatro e cinco horas) fora da empresa pensando na mesma? Quando você está na empresa, a sua preocupação é com o operacional. Fique uma manhã por semana na sua casa com o celular e o computador desligados pensando no seu negócio, escrevendo em um caderno novas estratégias e na inovação”, indica Jaques Grinberg.

4º - Treinamento 

“Para render é preciso aprender”. Segundo Grinberg, o empresário deve se reciclar, estar em constante procura por aprendizados. “É difícil querer resultados melhores fazendo sempre do mesmo jeito, sem observar o que está acontecendo ao nosso redor”, disse ele. Para começar essa reciclagem, o especialista sugere como leitura “A Estratégia do Oceano Azul” do autor W. Chan Kim, publicado pela editora Harvard Business Review.

5º - Mentoria 

O mentor é uma figura de extrema importância, independente do cargo e da posição do profissional dentro da empresa. Ele será capaz de ajudar a avaliar as decisões administrativas tomadas pelo empresário e segundo Grinberg, não é necessário que essa pessoa seja um especialista. “O mentor não necessariamente precisa ser um profissional, pode ser um tio, um amigo e até um funcionário, mas é preciso ter. Acredito que o mentor seja como um GPS, ele dirá o melhor caminho e o mais rápido para chegar ao seu objetivo, mas é você que irá colocar a gasolina, engatar a primeira e dirigir”. Agora basta colocar as dicas de vendas em prática e contabilizar os resultados positivos.