Notícias

Voltar

 

Notícia publicada no dia: 10/06/2015

Taxa de juros do cartão de crédito passa de 300% ao ano, mostra Anefac

A taxa de juros do cartão de crédito voltou a subir em maio, e já passa dos 300% ao ano. Segundo pesquisa da Associação Nacional dos Executivos de Finanças (Anefac), a taxa passou de 295,48% ao ano em abril para 304,03% em maio – a maior desde março de 1999, quando era de 354,63%.

Isso significa que quem fizer uma dívida de R$ 1.000 no cartão estará devendo, 12 meses depois, astronômicos R$ 4.040,30.

Para quem fizer dívidas no cheque especial, a conta também fica mais cara: a taxa média de juros passou de 205,06% ao ano em abril para 210,44% no mês seguinte. A taxa é a maior desde janeiro de 2003, quando estava em 220,06%.

Nas demais modalidades de crédito para a pessoa física, também houve alta nos juros. No caso do comércio, a taxa passou de 82,9% ao ano para 83,94%, a maior desde dezembro de 2013.
No financiamento de automóveis, passou de 27,27% para 28,02%. E no empréstimo pessoal, os juros subiram de 60,1% para 61,22% nos bancos, e de 139,24% para 140,85% em financeiras.

Com essas elevações, a taxa média de juros das operações de crédito para pessoa física passou de 119,48% ao ano em abril para 121,96% ao ano em maio – a maior desde junho de 2010, quando era de 122,71%, segundo a Anefac.

Empresas
Para as pessoas jurídicas, os juros também ficaram mais altos. A taxa média cobrada passou de 59,55% ao ano em abril para 60,1% ao ano em maio, sendo esta a maior taxa de juros desde julho/2011.

De acordo com a entidade, o cenário atual da economia, que aumenta o risco de elevação dos índices de inadimplência, assim como a probabilidade de novas altas na taxa Selic, indicam que as taxas de juros do crédito devem voltar a subir nos próximos meses.