Notícias

Voltar

 

Notícia publicada no dia: 12/12/2014

6 tendências no empreendedorismo para 2015

O ano de 2015 promete um grande crescimento na área de empreendedorismo e inovação. Serão muitas oportunidades para os empreendedores, principalmente os criativos, que estão sempre de olho nas tendências de mercado e não perdem novas chances. Para aquecer a mente e ajudá-lo a ter novas ideias, listamos algumas tendências para o próximo ano. Confira!

6 tendências no empreendedorismo para 2015

1 – E-commerces de nicho

Com a popularização da internet, gerou-se um fenômeno interessante chamado cauda longa. Basicamente, a soma dos mercados de nicho supera imensamente os produtos mais procurados. Esse mercado cresceu muito em 2014 e crescerá mais ainda em 2015. A grande vantagem é que um e-commerce de nicho não cria um diferencial competitivo e há muitas possibilidades de negócios ainda não explorados nessa área.

2 – Marketing de conteúdo

Em 2015, haverá um grande boom no marketing de conteúdo. A internet e buscadores como o Google priorizam cada vez mais o conteúdo de qualidade. Então, para uma marca se destacar, não bastará apenas ter qualidade em seu produto. Também será necessário produzir conteúdo relevante. O marketing de conteúdo irá atrair muitos clientes e também dará a boa reputação de especialista às marcas.

3 – Negócios verdes

Negócios verdes estão cada vez mais em alta. A preocupação com a sustentabilidade estará cada vez mais na mente das empresas. E graças a essa tendência de cuidar do meio-ambiente, há uma grande oportunidade para o surgimento de negócios que ajudem as empresas a se tornarem verdes. Segundo a Tech Cast, este mercado deve movimentar US$ 10 trilhões em 2020. Fontes alternativas de energia, reciclagem e criação de materiais menos poluentes estão em alta.

4 – Beleza masculina

O mercado de beleza, moda e cosméticos já é grande, mas tende a crescer. Hoje, o Brasil é o segundo maior mercado de cosméticos masculinos. Segundo a Associação Brasileira da Industria de Perfumaria, o Brasil deve se tornar o maior mercado consumidor de produtos deste tipo no mundo em 2015. Este mercado é bom também porque a fidelização do público masculino para marcas produtos de beleza é muito fácil do que a fidelização do público feminino.

5 – Produtos para pets

A proteção animal está em voga. Cada vez mais surgem ONGs, projetos e até mesmo leis em cidades brasileiras que favorecem o bem-estar animal. Com isso, as pessoas estão adotando cada vez pets e cresceu a demanda por serviços para eles. As pessoas procuram ir além do básico e querem salões de beleza para seus animais, além de roupas, brinquedos, acessórios e comidas especiais. E há muita procura e pouca oferta neste mercado. Segundo a Euromonitor, roupas e produtos de beleza respondem por 75% do valor das vendas de produtos para pets no Brasil. Segundo o Sebrae, a projeção de crescimento para este mercado até 2016 é de 8% ao ano.

6 – EAD profissionalizante

As empresas precisam de mão de obra especializada. Por isso, cursos técnicos e profissionalizantes têm sido cada vez mais procurados. É uma formação mais rápida e barata que um curso universitário. E a tendência é que a maior procura por cursos técnicos seja na modalidade de ensino a distância. Atualmente, 19% do público jovem que frequenta lan houses está lá para fazer algum curso técnico, segundo os dados da consultoria Plano CDE. De acordo com Willian Hadal, fundador da Tech Cast, “a ideia é deixar a educação mais eficiente e mais barata”.

Se depois de ler esse post sua mente está fervilhando de ideais, então atingimos nosso objetivo! Compartilhe conosco as suas ideias! Queremos que todos cresçam juntos.